CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia Civil participa da 4ª edição do Curso de Inteligência de Fiscalização Ambiental 2022

Publicado em

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), participou da 4ª edição do Curso de Inteligência de Fiscalização Ambiental 2022, ministrado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Realizado em Brasília (DF), o curso reuniu profissionais de vários Estados para de forma integrada fortalecer as ações de proteção do ecossistema, tendo como objetivo capacitar agentes de inteligência para o assessoramento e fortalecimento das informações de combate aos ilícitos ambientais.

A delegada titular da Dema, Liliane Murata, destacou a importância da parceria com a Sema de Mato Grosso, e agradeceu o convite para a participação o 4º Curso de Inteligência de Fiscalização Ambiental, promovido pelo IBAMA, e que proporcionou além de novos ensinamentos, a troca de experiências entre as instituições presentes.

Liliane Murata explica que investimentos em capacitação e qualificação dos agentes de inteligência têm sido uma de metas do plano de ação da Dema, razão pela qual no primeiro trimestre deste 2022, os servidores realizaram cursos e oficinas voltados para a área de inteligência policial, financeira, inteligência de imagens e agora a capacitação em inteligência ambiental que é o trabalho principal da delegacia.

Leia Também:  Inscrições para segunda turma do curso ‘Qualifica mais Progredir’ poderão ser feitas a partir de 1º de julho

“Com a qualificação dos policiais civis, há um alcance melhor na qualidade e robustez dos serviços prestados à sociedade mato-grossense”, finalizou a delegada da Dema.

Além dos policiais civis da Dema e agentes da Secretária de Estado do Meio Ambiente de Mato Grosso, participaram da qualificação, representantes do Ibama; Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Instituto Água e Terra; Polícia Rodoviária Federal; Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí; Agência Nacional de Aviação Civil; Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura do Rio Grande do Sul; Centro de Inteligência do Exército Brasileiro; Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais; Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina; Consórcio Público CIM Noroeste/ES; Polícia Federal; Instituto Natureza do Tocantins; Polícia Militar de Minas Gerais; Superintendência Estadual do Meio Ambiente; Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte; Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul; Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará; Centro de Inteligência da Marinha.

Leia Também:  Rotam prende dupla, recupera motocicleta roubada e apreende documentos falsificados
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍCIA

Lula tem rejeição de 37,2% do eleitorado de MT

Published

on

O candidato à presidência da República, Luis Inácio Lula da Silva (PT) é rejeitado por 37,2% do eleitorado mato-grossense, conforme aponta os dados da Percent Brasil. A coleta foi realizada entre os dias 30 de julho a 2 de agosto de 2022.

Na rejeição estimulada, Lula lidera com 37,2%; Bolsonaro 31%; Ciro Gomes 3%; Simone Tebet 0,5%; Ninguém 9,1%; Não sabe 17% e Não respondeu 2,2%.

Na pesquisa espontânea de intenções de voto, Bolsonaro (PL) lidera com 40,3%; seguido por Lula (PT) 30%; Ciro Gomes (PDT) 2%; Simone Tebet (MDB) 0,5%; Felipe D’Ávila (Novo) 0,5%; Pablo Marçal (Pros) 0,5%; André Janones (Avante) 0,3%; Nulo/branco 3,3%; Não sabe/indeciso 21,7% e Não respondeu 0,9%.

Na estimulada, Bolsonaro segue na liderança com 44,5%; Lula 33,2%; Ciro Gomes 4%; Simone Tebet 1,5%; André Janones 1%; Nulo/branco 4,2%; Não sabe/indeciso 9,9% e Não respondeu 0,7%.

Conforme a pesquisa, as entrevistas foram realizadas por telefone, na região Norte, Nordeste, Centro-Sul, Sudoeste e Sudeste de Mato Grosso.

Leia Também:  Polícia Civil e Sema deflagram operação de fiscalização da pesca predatória

Foram coletadas 812 amostras e a margem de erro é de 3,44% para mais ou para menos, tendo nível de confiança de 95%.

O número de registro da pesquisa é MT-01064/2022 e BR-04455/20223.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA