CUIABÁ

MATO GROSSO

Governo investe R$ 30,5 milhões em Pedra Preta e São José do Povo: “parceria boa para nossa gente”, afirma prefeito

Publicado em

O governador Mauro Mendes assinou convênios no valor de R$ 30,5 milhões com os municípios de Pedra Preta e São José do Povo. O principal convênio foi para a restauração de um trecho de 21,26 km da MT-459 que liga os dois municípios. A obra receberá recursos na ordem de R$ 12,9 milhões.

Para são José do Povo, o governador assinou convênios para asfaltar 21 ruas e avenidas e restaurar outras 27. Os investimentos somam R$ 5,5 milhões em recursos do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura.

Segundo o prefeito Ivanildo Vilela da Silva (popular Junior da Saúde), a parceria do Governo de Mato Grosso com o município é de extrema importância para melhorar a infraestrutura da cidade e a qualidade de vida da população.

“O nosso município nunca recebeu tanto investimento do Governo do Estado como agora. Estou muito emocionado e feliz com essa parceria, que vai trazer muita coisa boa para a nossa gente”, destacou.

Para Pedra Preta os convênios assinados foram para pavimentação asfáltica, drenagem e sinalização viária em diversas ruas do bairro Jardim dos Urupês, e de várias outras ruas da cidade; para cessão de uma motoniveladora e uma pá-carregadeira. Ainda no município, o Governo do Estado vai reformar o ginásio de esporte e asfaltar 11,7 metros quadrados de ruas do bairro Morumbi II. O valor dos convênios é de R$ 12 milhões.

Leia Também:  Covid-19: governo libera quarta dose para maiores de 40 anos

São José do Povo e Pedra Preta também receberam do Governo do Estado dois ônibus escolares cada um.

“Fico feliz em poder fazer essas parcerias com os municípios e proporcionar tantas melhorias para a população. Não tem um canto nesse Estado que não tem obra do Governo acontecendo, estamos desenhando uma nova trajetória para Mato Grosso”, ressaltou o governador.

Mais Investimentos

As parcerias foram firmadas durante visita do governador a Rondonópolis no início do mês. Mauro Mendes assinou autorização para vários convênios e obras para outras cidades da região Sul, que totalizam R$ 230 milhões.

Em Itiquira foi assinada a autorização para contratar as empresas que vão realizar a restauração da MT-370, entre Itiquira e a BR-163, e da MT-299, entre o Terminal Ferroviário da cidade e a BR-163. Também foi assinado um convênio para construção do Centro de Treinamento de Artes Marciais. Os investimentos somam R$ 76,6 milhões.

Para Tesouro, o Governo de Mato Grosso assinou convênios para construção de um campo de futebol e outro para recapear diversas ruas da cidade. Também será revitalizada a praça pública na rua Epifânio Duarte e adquiridos materiais para a construção de calçadas.

Leia Também:  Batalhão Ambiental da PM apreende 45 quilos de pescado irregular durante fiscalização

A cidade de Guiratinga firmou cinco convênios com o Estado. Um para construção de uma ponte de concreto sobre o Rio Prata, na divisa com Pedra Preta, e outros quatro para levar asfalto novo aos bairros Tancredo Neves, Jardim Brasil e Santa Cruz. Com investimentos na ordem de R$ 5,6 milhões.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

MATO GROSSO

Dona Eulália responde ao Censo 2022 no 1º dia da coleta em Cuiabá

Published

on

A Unidade Estadual do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em Mato Grosso visitou Eulália da Silva Soares, conhecida como Dona Eulália, 88 anos, dona do bolo de arroz mais famoso de Cuiabá, no bairro da Lixeira, na manhã da segunda-feira (01-08), para aplicar o questionário do Censo 2022.

A octogenária –que tem oito filhos, 21 netos e 34 bisnetos e é um dos ícones da cuiabania por compartilhar seus quitutes com a população há mais de 60 anos – foi uma das primeiras mato-grossenses a responder à pesquisa no primeiro dia de coleta em todo o país. A bisneta Karen Gabriele de Moura ajudou a Dona Eulália a responder a algumas perguntas.

Em Mato Grosso, cerca de 3.000 recenseadores vão atuar no Censo, com 135 postos de coleta espalhados por 38 subáreas coordenadas por 17 agências do IBGE, para fazer a coleta domiciliar nos cerca de 1 milhão de domicílios nos 141 municípios. A estimativa é de que sejam contabilizados mais de 3,6 milhões de habitantes no estado.

Leia Também:  Instituto Êxito firma parceria com a Prefeitura Pombos, em Pernambuco

No Censo 2022, há dois tipos de questionário: o básico, com 26 quesitos, leva em torno de 5 minutos para ser respondido. Já o questionário ampliado, com 77 perguntas e respondido por cerca de 11% dos domicílios, leva cerca de 16 minutos. A seleção da amostra que irá responder o questionário ampliado é aleatória e feita automaticamente no Dispositivo Móvel de Coleta (DMC) do recenseador. Todas as informações coletadas no Censo são confidenciais, protegidas por sigilo e usadas exclusivamente para fins estatísticos, conforme estabelece a legislação pertinente: Lei nº 5.534/68, Lei nº 5.878/73 e o Decreto nº 73.177/73. Já a Lei nº 5.534, de 14 de novembro de 1968, dispõe sobre a obrigatoriedade de prestação de informações estatísticas.

RECENSEADORES PODEM SER IDENTIFICADOS PELA INTERNET OU POR TELEFONE  – Para ser recenseador do IBGE, após a aprovação no processo seletivo, é preciso ainda fazer um treinamento específico, com etapas à distância e presencial. Só depois de aprovados no treinamento os recenseadores estão aptos a cumprir sua função de visitar os lares brasileiros.

Leia Também:  Governo de MT conclui primeira etapa da reforma na Escola Estadual Militar Dom Pedro II Presidente Médici

Eles estarão sempre uniformizados, com o colete do IBGE, boné do Censo, crachá de identificação e o DMC. Além disso, é possível confirmar a identidade do agente do IBGE no site Respondendo ao IBGE ou pelo telefone 0800 721 8181. Ambos constam no crachá do entrevistador, que também traz um QR code que leva à área de identificação no site. Para realizar a confirmação, o cidadão deve fornecer o nome, matrícula ou CPF do recenseador.

Em Mato Grosso, os moradores têm a opção de ligar para o telefone 190 da Polícia Militar para confirmar que se trata realmente de um recenseador. A medida é possível devido à parceria entre a UE-MT e a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (SESP-MT), por meio do Ciosp (Centro Integrado de Operações da Segurança Pública)

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA