CUIABÁ

Turismo

Museu subaquático em Cannes une arte e preservação da vida marinha

Publicado em

source
Cannes Underwater Eco-Museum (Ecomuseu Subaquático de Cannes, em português)
Fotos de @jasondecairestaylor

Cannes Underwater Eco-Museum (Ecomuseu Subaquático de Cannes, em português)

O Cannes Underwater Eco-Museum (Ecomuseu Subaquático de Cannes, em português) , foi inaugurado em Cannes, França, em fevereiro de 2021. Financiado pela Mairie de Cannes e encomendado pelo prefeito, David Lisnard, o projeto levou mais de quatro anos para ser finalizado. 

Jason deCaires Taylor é o artista à frente das peças que ficam submersas no mar. O Ecomuseu Subaquático se torna o primeiro lugar que as suas obras são instaladas no Mar Mediterrâneo, apresentando uma série de seis retratos monumentais , cada um com mais de 2 m de altura e 10 toneladas de peso.

As estátuas ficam localizadas perto da ilha de Sainte-Marguerite , uma das ilhas Lérins, ao largo da costa de Cannes. As obras são colocadas a uma profundidade entre 2 e 3 metros, e descansam em áreas de areia branca, entre os prados de gramíneas marinhas posidonias oscilantes na parte sul protegida da ilha, atmosfera característica dos mares.

A pouca profundidade e a proximidade com a costa tornam o local facilmente acessível , e as águas cristalinas proporcionam condições ideais para a prática de Esnórquel (prática de mergulho em águas rasas com o objetivo de recreação, relaxamento e lazer).

Leia Também:  Entidades pedem a Congresso preservação da Lei das Estatais

Inaugurado em um contexto de pandemia, este é o único museu que você pode acessar de forma socialmente distante, usando uma máscara de mergulho sobre os olhos em vez de uma máscara sobre a boca.

Os seis trabalhos colocados na água são baseados em retratos de membros locais da comunidade , abrangendo uma gama de idades e profissões, por exemplo, Maurice, um pescador local de 80 anos e Anouk, um aluno de nove anos da escola primária.

Cada rosto foi significativamente aumentado e secionado em duas partes, a parte externa se assemelha a uma máscara. O tema das máscaras se conecta com a história da Île Sainte Marguerite, bem conhecido como o local onde o Homem com a Máscara de Ferro foi aprisionado pelo rei Luís 14 no século 17.

“A máscara também é uma metáfora para o oceano: de um lado, ela mostra força e resiliência; do outro, fragilidade e decadência. Da terra, observamos a superfície, calma e serena, ou poderosa e majestosa, no entanto, abaixo da superfície está um ecossistema frágil e perfeitamente equilibrado, um que tem sido continuamente degradado e poluído ao longo dos anos pela atividade humana”, argumenta o artista em seu site.

Antes das peças serem colocadas no mar, a localização das esculturas era em uma área de infraestrutura marítima em desuso.

Leia Também:  Residência de Darcy Ribeiro em Maricá será transformada em casa-museu

Além disso, o projeto realizou uma limpeza significativa do local, removendo destroços marinhos como motores antigos e tubulações para criar um espaço para a instalação das obras de arte que foram especificamente projetadas, usando materiais de Ph neutro e aço inoxidável 316 , para atrair a fauna e flora marinhas, ajudando a área a rejuvenescer e florescer. A cada temporada, o museu vai ganhando novas formas e texturas, de acordo com a evolução de algas e outros seres marinhos no local. 

O local agora foi isolado de barcos, tornando-o seguro para mergulhadores e evitando danos por âncoras aos prados de ervas marinhas, área de habitat vital referida como os pulmões do oceano para a vasta quantidade de oxigênio que produz.

Como todos os seus projetos, Jason pretende chamar a atenção para o mar como uma biosfera frágil em urgente necessidade de proteção. Isso porque o artista tem outros museus subaquáticos de sua autoria espalhados pelo mundo, como o Museu de Arte Subaquática (Musa) , no México; Parque de Esculturas Submarinas de Molinere , em Granada; Museu Atlântico , na Espanha; Museu de Escultura Subaquática Ayia Napa (Musan) , no Chipre e o Museu de Arte Subaquática (Moua) , na Austrália. Além de outras instalações solos relacionadas ao ambiente aquático.

Para visitar o museu, é preciso de uma máscara de esnórquel, caso contrário não verá muito. Mas se não tiver, pode encontrá-los nos supermercados ou nas lojas próximas da região.

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Turismo

Sarah Jessica Parker, de ‘Sex and the City’, coloca casa para alugar

Published

on

Sarah Jessica Parker’s Hamptons Hideaway aceitará reservas a partir do dia 23 de agosto
Booking.com/divulgação

Sarah Jessica Parker’s Hamptons Hideaway aceitará reservas a partir do dia 23 de agosto

Admiradores da atriz Sarah Jessica Parker, conhecida pelo seu papel em “Sex and the City”, poderão passar um fim de semana como a própria Carrie Bradshaw em Hamptons.

A estadia recebe o nome de “Sarah Jessica Parker’s Hamptons Hideaway”, e é uma casa de praia, situada em Amagansett, Long Island, na famosa região dos Hamptons. A acomodação tem todas as facilidades que se esperara ao passar férias em um dos litorais mais chiques dos Estados Unidos.

A plataforma Booking.com está dando aos fãs da atriz a chance de embarcar em uma escapada de duas noites para o “Hamptons Hideaway”. Localizada a poucos passos da costa, a casa de praia da atriz, que data da década de 1940, possui um caminho exclusivo para fácil acesso a uma das praias mais privativas dos Hamptons.

Leia Também:  Servidores participam do 1º Workshop sobre a importância de Preservação de Áreas Públicas de Cuiabá

Além disso, haverá um “armário dos sonhos”, com vários calçados projetados pela própria atriz para sua linha de luxo de mesmo nome. Os hóspedes ainda poderão desfrutar, na casa de três quartos, de bar completo, lareira e um quintal rodeado de espaços verdes.

“Quando projetamos o espaço, nosso objetivo era criar um refúgio perfeito para a família e amigos, que fosse confortável e que acentuasse a proximidade da propriedade com a praia”, afirma Sarah Jessica Parker. “Queríamos realmente nos sentir em casa, então, a mobiliamos com peças vintage que colecionamos ao longo dos anos e fizemos do quintal um lugar versátil, onde pudéssemos desfrutar do pôr do sol no verão, fazer nossos churrascos e encontros divertidos”, completa.

Veja mais fotos do local: 


O “Hamptons Hideaway” de Sarah Jessica Parker poderá ser reservado para uma estadia de duas noites, de 26 a 28 de agosto de 2022 (sexta a domingo), por apenas US$ 19,98 (aproximadamente R$ 105). Esta data foi escolhida, porque é quando completa um ano de estreia de seu papel como Carrie Bradshaw na série reboot da HBO. A estadia poderá ser reservada exclusivamente na Booking.com no dia 23 de agosto de 2022 (terça-feira), às 13h (horário de Brasília), por ordem de acesso. Para mais informações,  visite o site.

Leia Também:  Museu de História Natural de MT realiza oficinas e atividades gratuitas para crianças

Acompanhe o iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA