CUIABÁ

Turismo

Gramado tem culinária variada para os climas frios; veja as dicas

Publicado em

source
Gramado oferece grande variedade gastronômica
Reprodução

Gramado oferece grande variedade gastronômica

Junto às estações mais frias, a busca por destinos de acordo com a temperatura diminuta aumenta consideravelmente, o que inclui cidades como Diamantina (Minas Gerais), Monte Verde – também em Minas –, Visconde de Mauá, no Rio de Janeiro, Curitiba, no Paraná, e, principalmente,  Gramado, no Rio Grande do Sul, no alto da Serra Gaúcha.

A última tem grande movimentação turística durante todo o ano, mas é no Outono/Inverno que o clima e o relevo se juntam à variedade gastronômica para seduzir os visitantes a conhecer tudo que o destino pode oferecer. A influenciadora Keh Corrêa tem muita familiaridade com a culinária da cidade e dá dicas ao iG Turismo sobre onde comer de acordo com as preferências de cada turista. 

“Em Gramado é possível encontrar muitos restaurantes que visitam diversas culturas diferentes”, explica ela. “Além dos ambientes, muitos deles temáticos, a culinária remete ao que nos é oferecido, por exemplo: um restaurante que tem foco na comida italiana consegue nos teletransportar para a Itália devido ao local e ao sabor. É uma grande aventura gastronômica”, destaca. 

Além dos restaurantes, Corrêa pontua ainda que para quem prefere fazer um lanche rápido durante os passeios é possível encontrar uma boa comida de rua. “Há certos quiosques que vendem iguarias que nos lembram, por exemplo, a Alemanha. Mas ainda existe a Rua Coberta, que possui diversos restaurantes e recebe o Festival de Gastronomia”, diz. Tal evento será realizado em 2022, do dia 8 a 20 de setembro, e inclui várias atrações, como festins, degustações, oficinas, workshops, shows musicais e peças teatrais, durante os quais o visitante tem a oportunidade de viver uma imersão cultural-gastronômica.

Leia Também:  4 dicas para usar itens com valor afetivo na decoração

Levando em consideração as estações frias, a influenciadora destaca uma opção ideal para curtir o Outono/Inverno com muito sabor: “Com toda a certeza seria o Belle Du Valais. O local, além de ser aconchegante e íntimo, possui um fondue maravilhoso que pode ser aproveitado a dois ou em mais companhias. É uma ótima pedida para o frio de Gramado”. 

Em contrapartida, para quem prefere gastar menos e não abrir mão do sabor, também há outras possibilidades que podem ser plenamente aproveitadas, como indica a especialista. 

“Existem diversas opções econômicas que exploram as culturas também. Por exemplo, a hamburgueria francesa Le Grand Burger e o restaurante que é uma tradição, o Ita Brasil”, destaca. Além destes, ela indica outros restaurantes, alguns mais sofisticados, que costumam ser bem procurados pelos turistas afim de explorar novos sabores e ambiente. 

La Braise

Com foco em grelhados e vinhos, o espaço é envolvente e carrega muito da essência sul-americana. “La Braise é um restaurante para aqueles que desejam viver uma experiência gastronômica de qualidade. É possível escolhermos a dedo nosso corte de carne preferido, além de ter um ambiente charmoso e intimista”, diz Corrêa.

Onde? 

Av. Borges de Medeiros, 4840 – Centro, Gramado – RS

Takumi

Este é para aqueles que não abrem mão da boa e velha comida japonesa. “Takumi é um ótimo lugar para comer frutos do mar, sendo uma grande referência em Gramado. Com um ambiente confortável, eles combinam o sabor e muita arte”, destaca a influenciadora. 

Leia Também:  Destino dos famosos: um paraíso chamado Maragogi

Onde?

R. Wilma Dinnebier, 79 – Bairro Belverede, Gramado – RS

Frontera Sur

Frontera Sur
Reprodução/Instagram

Frontera Sur

O Frontera resgata muito mais o clima gaúcho, uma vez que é especializado em carnes. O local perfeito para os que desejam exaltar as maravilhas da culinária do sul do Brasil. “Localizado no Wish Serrano Resort & Convention e especializado em carnes nobres, possui um ambiente que lembra as fazendas do pampa gaúcho, sendo superagradável. Além disso, é possível acompanhar o preparo do seu prato, pois as carnes são assadas à sua vista”, destaca Keh. 

Onde? 

Av. das Hortênsias, 1480 – Centro, Gramado – RS

Belle Du Valais

Inspirado na arquitetura, decoração e culinária suíça, o restaurante oferece uma experiência refinada aos que visitam. “Para aqueles que procuram um local com clima de romance, a Belle Du Valais é o local ideal. O restaurante suíço possui um fondue incrível, que casa perfeitamente com o clima de Gramado. A mistura do regionalismo com a sofisticação deixa tudo mais gostoso”, destaca a influenciadora.

Onde?

Av. das Hortênsias, 1432 – Centro, Gramado – RS

Mesa Gramado

Dedicado aos amantes de comida italiana, o Mesa Gramado, de acordo com Corrêa, também proporciona um cardápio de bebidas bem variado. “O local possui uma vista incrível para o Lago Joaquina Rita Bier, famoso por sediar os espetáculos do Natal Luz. Em um ambiente extremamente agradável, o restaurante traz também uma mistura da culinária italiana com a alta coquetelaria”

Onde? 

R. Leopoldo Rosenfeld, 986 – Centro, Gramado – RS

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Turismo

Taste Atlas: Pavê está entre as 50 melhores sobremesas do mundo

Published

on

O pavê ocupa a 12ª posição no ranking
Reprodução/Receitas Nestlé

O pavê ocupa a 12ª posição no ranking

O pavê entrou para a lista dos melhores do mundo segundo o Taste Atlas, site especializado em elaborar diferentes rankings gastronômicos, sempre de acordo com o gosto dos próprios consumidores.

O pavê brasileiro aparece no 12º lugar de uma lista de 50 bolos. Segundo o site, é um bolo popular no Brasil, elaborado em camadas e semelhante ao tiramisu.

“Este bolo de camadas é feito por uma combinação de biscoitos de champanhe, creme, ovos, leite condensado e chocolate. É uma sobremesa tradicional no Brasil, onde cada família tem sua própria variação, por isso há receitas de pavê de morango, abacaxi, chocolate branco, coco, amendoim, entre outros”, escreveu o site, que complementou: “A única coisa importante é servir o bolo frio e apreciar os seus sabores, texturas e variedades únicas.”

Leia Também:  Casa de show une espetáculo musical, gastronomia e atmosfera burlesca

Quem lidera o ranking dos melhores bolos e tortas do mundo é a garash, um clássico da culinária Bulgária. Foi criada em 1885 pelo confeiteiro austro-húngaro Kosta Garash, que na época trabalhava em um luxuoso hotel na cidade de Ruse, onde serviu o bolo pela primeira vez. A torta possui camadas delicadas de nozes e um creme de chocolate amargo, depois é coberta por chocolate e amêndoas picadas.

Já no segundo lugar, está uma torta da República Tcheca, chamada “frgál”, encontrada comumente na região da Wallachia da Morávia. A receita é uma torta doce de até 30 centímetros de diâmetro (parece uma pizza), feita com uma massa fina fermentada e com muita cobertura; que pode ser com peras, queijo fresco, ameixas, nozes, mirtilos ou framboesas. As informações são do CNN Viagem e Gastronomia.

E em terceiro, o bolo russo “Smetannik”, feito com uma combinação de farinha, açúcar, ovos, mel, e uma cobertura de leite fresco com creme azedo, baunilha, cream cheese, e leite. “O bolo é tradicionalmente realizado numa frigideira profunda. Uma vez feito, é recomendado deixar o “smetannik” descansar no geladeira durante a noite, e no dia seguinte é cortado em pedaços individuais e servido. O smetannik é especialmente popular em aniversários e ocasiões festivas semelhantes”, explica o site Taste Atlas. 

Leia Também:  5 dicas para escolher o pendente para a sala de estar

Confira o ranking completo: 


Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA