CUIABÁ

TECNOLOGIA

EUA também querem exigir iPhones com recarga via USB-C

Publicado em

source
EUA também querem exigir iPhones com recarga via USB-C
Giovanni Santa Rosa

EUA também querem exigir iPhones com recarga via USB-C

A União Europeia não está sozinha na briga para fazer a Apple adotar o USB-C nos iPhones . No que depender de um grupo de senadores democratas, os EUA também exigirão que os smartphones da marca usem o padrão. O objetivo é chegar a um plug de carregamento universal.

Em carta enviada a Secretária de Comércio Gina Raimondo, eles exigem que o departamento desenvolva uma estratégia para que todos os dispositivos móveis tenham uma porta de recarga comum.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

O argumento é que carregadores proprietários, como o Lightning da Apple, geram lixo eletrônico desnecessariamente e fazem consumidores gastar mais, principalmente aqueles que têm aparelhos de diferentes marcas.

O documento não menciona explicitamente o USB-C. Ele pede uma estratégia abrangente, deixando a cargo do departamento até mesmo desenvolver seu padrão, se for o caso.

Leia Também:  Leilão da Receita tem celulares Xiaomi por R$ 300, iPhones e mais

O grupo tem nomes como a senadora Elizabeth Warren e Bernie Sanders, que foram pré-candidatos democratas à presidência nas eleições de 2020. Warren, inclusive, tinha a divisão das big techs em empresas menores como uma de suas bandeiras de campanha.

União Europeia vai exigir USB-C em iPhones

A iniciativa dos democratas americanos vem uma semana após a União Europeia tomar o mesmo caminho.

Na terça-feira (7), o bloco anunciou que seus legisladores chegaram a um acordo para tornar a porta USB-C obrigatória para smartphones e mais produtos.

Ou seja, o iPhone vai precisar ter USB-C nos países do bloco.

A medida vai valer para celulares, tablets, câmeras, leitores de e-books, fones de ouvido, videogames portáteis e alto-falantes recarregáveis. Ela passa a valer no último trimestre de 2024.

Notebooks também serão incluídos, mas as fabricantes terão 40 meses para implementar o conector após a lei entrar em vigor.

Leia Também:  Bolsonaro sanciona lei que facilita instalação de antenas 5G

O texto ainda precisa passar pelo Parlamento e pelo Conselho da União Europeia. Isso parece mera formalidade, porém.

Com informações: The Verge .

EUA também querem exigir iPhones com recarga via USB-C

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

TECNOLOGIA

Google TV se prepara para adicionar mais canais ao vivo gratuitos

Published

on

Google TV vai lançar 50 canais
Unsplash/Kai Wenzel

Google TV vai lançar 50 canais

O Google TV deve implementar em breve 50 novos canais ao vivo gratuitos. A expectativa é de que eles sejam suportados por anúncios e veiculados ao próprio aplicativo, o que poderia excluir a necessidade de uso de serviços concorrentes, como o Pluto TV. A informação foi encontrada em um código recente da plataforma.

Divulgada pelo site 9to5Google, a descoberta foi feita após a análise da versão mais recente do aplicativo do Google TV (antigo Android TV) enviado à Play Store. No código descompilado foi possível ter acesso à frase “desfrute de 50 canais de TV ao vivo sem a necessidade de assinatura, inscrição ou download”, além de uma imagem com trinta dos canais que estariam disponíveis no momento do seu lançamento.

Atualmente, o Google TV é conhecido por ser um agregador de indicações de conteúdos de outros streamings (tal qual a Apple TV) e também oferecer suporte de aluguel e compra de produções na própria plataforma. No Brasil, além de estar presente em televisores, boxes, dongles e dispositivos Android, em junho desse ano ele também foi disponibilizado para iOS e iPadOS.

Leia Também:  Mark Zuckerberg vende sua casa em São Francisco por R$ 166 milhões

Se concretizada, a mudança trará conteúdos ao vivo para a plataforma que vão desde os noticiários até programas de culinária, filmes e esportes. Além disso, ela traz um diferencial ao sistema que o deixava atrás de outros serviços parecidos, como a Samsung TV Plus e a Pluto TV – sendo essa última, inclusive, quem, até então, transmitia sua grade de programação ao vivo no Google TV.

Abaixo, seguem os canais vistos na imagem ao que o 9to5Google teve acesso e que possivelmente estarão disponíveis ao vivo e gratuitamente na plataforma:

  • ABC News Live
  • America’s Test Kitchen
  • American Classics
  • The Asylum
  • Battery Pop
  • CBC News
  • ChiveTV
  • Deal or No Deal
  • Divorce Court
  • Dry Bar Comedy
  • FailArmy
  • Filmrise Free Movies
  • Hallmark Movies & More
  • It’s Showtime at the Apollo!
  • Kevin Hart’s LOL! Network
  • Love Nature
  • Maverick Black Cinema
  • MooviMex
  • Nature Vision
  • NBC News Now
  • Newsmax TV
  • Nosey
  • The Pet Collective
  • Power Nation
  • Reelz
  • Teletubbies
  • Today All Day
  • Toon Goggles
  • USA Today
  • World Poker Tour
  • Wu Tang Collection TV
  • Xumo Crime TV
  • Xumo Movies
  • Xumo Westerns

Google TV ganhou suporte para múltiplos perfis

Em maio, o Google TV deu um importante passo para tornar sua interface mais focada e personalizada para cada um de seus usuários. A plataforma anunciou o lançamento de perfis, recomendações e listas individuais em sua página inicial, um recurso bastante comum em plataformas de streaming.

A ferramenta, que havia sido anunciada ainda em 2021, ajuda a direcionar a experiência do usuário. Dessa maneira, pessoas que moram em uma mesma casa e utilizam o aplicativo do Google TV podem ter seu próprio espaço na plataforma, criando listas individuais do que desejam assistir e recebendo sugestões que, de fato, tem a ver com suas preferências.

Com a mudança, inclusive, é possível vincular diferentes contas do Google para cada um dos perfis, registrando de maneira individual o histórico de buscas e ajudando o Google Assistente a dar respostas mais precisas para o usuário.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA