CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Destaques Notícias Saúde

Sociedade de Cardiologia participa de campanha nacional de combate a hipertensão ‘Eu sou 12 por 8’

Redação
Redação abr 21

No dia 26 de abril, a Sociedade Brasileira de Cardiologia de MT (SBCMT) promove um dia de atividade na Praça Alencastro em parceria com a Secretaria Municipal  de Saúde com orientação e aferição de pressão arterial, aderindo a campanha nacional “Eu sou 12 por 8” que combate a hipertensão, doença causadora de milhares de mortes no país por descuido e desinformação.

“A hipertensão, mais conhecida como pressão alta, é uma condição crônica em que a pressão exercida pelo sangue nas artérias se mantém elevada. Muitas pessoas possuem pressão alta durante anos, sem ter conhecimento disso. Na maior parte das vezes, a hipertensão não apresenta sintomas, porém, quando permanece sem tratamento, lesa artérias e órgãos vitais do corpo. Por causa disso, a hipertensão é conhecida como “assassina silenciosa, afirma o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia de MT(SBCMT) Fábio Argenta.

De acordo com um estudo global realizado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e pelo Imperial College de Londres, nos últimos 30 anos o número de pessoas com pressão alta no mundo duplicou atingindo a marca de 1,4 bilhão de hipertensos em 2019. No início da década de 90, o planeta tinha aproximadamente 650 milhões. Pode-se dizer que a hipertensão é responsável por 200 mil mortes no Brasil a cada ano, sendo 23 mortes por hora no Brasil. No mundo as mortes por hipertensão chegam a 10 milhões por ano.

Dr. Fábio explica que muitas pessoas não têm o hábito de procurar o cardiologista e não sabem que são hipertensas e essa campanha “Eu sou 12 por 8” é justamente o nível da pressão considerado dentro dos padrões desejáveis de pressão arterial.  Para algumas pessoas ter uma pressão abaixo de 12/8, como, por exemplo, 10 por 6, é normal. Já valores iguais ou superiores a 14 (máxima) e/ou 9 (mínima) são considerados como hipertensão para todo mundo.

No evento será possível aferir a pressão, passarão orientações e distribuirão uma cartilha para a população das 8h da manhã até às 17h, na Praça Alencastro, em frente a prefeitura de Cuiabá.

A SBC aconselha que quem tem parentes hipertensos, está acima do peso, tem mais de 40 anos de idade, é portador de diabetes ou de outros fatores de risco para as doenças cardiovasculares (como colesterol elevado, tabagismo, estresse) deve medir a pressão regularmente e fazer a prevenção da doença, pois tem maior risco de se tornar hipertenso.

Quem já é hipertenso (pressão igual ou acima de 14 por 9) ou tem a pressão arterial limítrofe (acima de 12 por 8 e inferior a 14 por 9) deve fazer controle médico periódico e seguir as orientações dadas pelo médico cardiologista.

O evento será coordenado pela Diretora de Promoção de Saúde Cardiovascular da SBCMT, a cardiologista Ezilaine do Nascimento Rosa.

BARRA DO BUGRES – Além de Cuiabá haverá também uma manhã preventiva no dia 26 a partir das 7h no Salão da igreja São José. O evento será realizado numa parceria da SBC-MT, representada pela cardiologista Dra. Renata T. Ladeira, com a Secretaria Municipal de Saúde de Barra do Bugres, na pessoa da sua Secretaria a enfermeira Claudia Alves S de Lima.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *