CUIABÁ

SAÚDE

São Paulo: 4ª dose em pessoas a partir de 45 anos começa nesta quarta

Publicado em

source
Prefeitura amplia quarta dose contra Covid-19 para pessoas acima de 45 anos a partir de quarta-feira
Alessandra Nogueira

Prefeitura amplia quarta dose contra Covid-19 para pessoas acima de 45 anos a partir de quarta-feira

Na próxima quarta-feira (22), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo inicia a aplicação da segunda dose adicional (4ª dose) da vacina contra o vírus da Covid-19 para adultos acima dos 45 anos.

Os vacinados devem ter recebido a primeira dose adicional (DA1) há pelo menos quatro meses. A população desta faixa etária também poderá se vacinar contra a gripe.

Conforme informou o Ministério da Saúde, a ampliação da segunda dose adicional (DA2) para a população com idade entre 40 a 49 anos ocorrerá de forma escalonada na capital.

Ao todo, 1.020.863 desta faixa etária estão elegíveis para a DA2, sendo cerca de 500 mil entre 45 e 49 anos. A cidade possui doses e insumos suficientes para vacinação dos novos grupos anunciados.

“A cidade de São Paulo fará a vacinação de forma escalonada, pois há uma grande quantidade de pessoas entre 40 e 49 anos na capital. Assim, garantimos melhor conforto à população, ofertando o reforço a todos os elegíveis”, afirmou o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.

Leia Também:  Lívian Aragão se muda para São Paulo, mas descarta morar com namorado

Para receber a terceira dose adicional (5ª dose), estão aptas pessoas com alto grau de imunossupressão com 50 anos ou mais, com pelo menos quatro meses da DA2.

Cobertura vacinal em São Paulo

Até o momento, foram aplicadas 32.459.295 doses de vacina contra a Covid-19 na capital, sendo 11.8006.839 primeiras doses (D1), 11.147.647 segundas doses (D2), 364.343 doses únicas (DUs), 7.489.111 primeiras doses adicionais (DA1) e 1.651.355 segundas doses adicionais (DA2). A cobertura vacinal da população com mais de 18 anos está em 110,4% para D1, em 107% para D2, em 79,5% para DA1 em 65,6% para DA2.

Em adolescentes de 12 a 17 anos, foram aplicadas 980.467 D1, representando uma cobertura vacinal de 116,2%. Também foram aplicadas 884.583 D2, com 104,8% de cobertura, além de 153.220 DA.

Em crianças de 5 a 11 anos foram aplicadas 996.052 D1, representando uma cobertura vacinal de 92%, e 748.452 D2, alcançando 69,1% dos elegíveis.

Clique  aqui para ter mais informações e a lista completa dos postos da página do Vacina Sampa.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

SAÚDE

Rio vai paralisar imunização de crianças de 3 e 4 anos contra covid-19

Published

on

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro informou hoje (8) que, a partir desta terça-feira (9), a vacinação de crianças de 3 a 4 anos com a primeira dose (D1) contra a covid-19 será paralisada. A interrupção ocorre devido ao Ministério da Saúde não ter enviado doses de CoronaVac solicitadas desde o mês passado pela prefeitura do Rio. Já a aplicação da segunda dose (D2) para este público, prevista para iniciar em 13 de agosto, está garantida com a vacina reservada especificamente para esse fim.

De 15 de julho a 8 de agosto, as unidades da secretaria vacinaram 39.319 crianças de 3 e 4 anos com a primeira dose (D1) da CoronaVac, único imunizante autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso neste público. Quando a imunização desta faixa etária foi aprovada pela agência federal, o município do Rio tinha doses da vacina em estoque, o que permitiu o início imediato da aplicação. Apesar das solicitações de novas doses, neste momento, não há previsão de quando nova remessa será enviada pelo Ministério da Saúde.

Leia Também:  OMS: vacinação infantil tem a maior queda continua dos últimos 30 anos

Ministério da Saúde

Por meio de nota, o Ministério da Saúde informou que está em tratativas para aquisição do imunizante com maior celeridade, de acordo com a disponibilidade de entrega das doses pelos fornecedores.

Para o estado do Rio de Janeiro, “foram entregues mais de 44,9 milhões de doses de vacina para a campanha contra a covid-19. Destas, mais de 10 milhões de doses são CoronaVac. A pasta reitera a disponibilidade de outras vacinas para o público acima de 5 anos e reforça a necessidade de estados e municípios cumprirem as orientações pactuadas para garantir a imunização da população brasileira”, esclareceu o ministério.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA