CUIABÁ

POLÍTICA NACIONAL

PDT em Santa Catarina confirma apoio a candidato do PT ao governo

Publicado em

source
Décio Lima do PT e Manoel Dias do PDT anunciaram aliança em Santa Catarina
Reprodução/Instagram

Décio Lima do PT e Manoel Dias do PDT anunciaram aliança em Santa Catarina

O PDT do  presidenciável Ciro Gomes declarou apoio ao candidato PT, de Luiz Inácio Lula da Silva , ao governo de Santa Catarina. Presidente estadual do PDT e ex-ministro do governo de Dilma Rousseff, Manoel Dias oficializou a aliança com o pré-candidato petista Décio Lima, reivindicando candidatura ao Senado na chapa.

Lima registrou o encontro em suas redes sociais. “O ex-ministro Manoel Dias, presidente estadual do PDT confirmou a indicação da nossa pré-candidatura ao governo de Santa Catarina e comunicou que o PDT reivindica estar na composição da majoritária, na vaga ao Senado”, publicou.


A aliança estadual vai unir os partidos no plano nacional que são adversários na disputa pela presidência da República. Ultimamente, como mostrou O GLOBO , Ciro Gomes vem intensificando sua campanha de ataques a Lula e ao PT . Enquanto isso, o ex-presidente evita responder e entrar em embates com o pedetista.

Recentemente, o presidente do PDT, Carlos Lupi, reconheceu que não tinha controle sobre todas alianças locais do partido, ao ser questionado sobre pedetistas que estão buscando alianças com candidaturas do PT. “​​Nós entendemos, é claro, que cada estado tem a sua peculiaridade, suas alianças locais. Isso faz parte do processo político democrático”, resumiu Lupi, na ocasião.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  MP altera tratamento tributário das perdas dos bancos no recebimento de créditos
Advertisement

POLÍTICA NACIONAL

Reciclagem poderá gerar desconto no IR

Published

on

Já foram publicadas as promulgações de trechos anteriormente vetados na Lei 14.260, de 8 de dezembro de 2021, que estabeleceu incentivos à indústria da reciclagem. Agora, é permitido deduzir do Imposto de Renda valores referentes ao apoio a projetos de capacitação de catadores, construção de galpões e compra de equipamentos para reciclagem. Para o presidente da Comissão de Meio Ambiente (CMA), senador Jaques Wagner (PT-BA), o lixo reciclado é fonte de emprego e renda.

Fonte: Agência Senado

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Eleições: PSDB e Cidadania anunciam apoio a Simone Tebet
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA