CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Notícias Polícia

Policiais ensinam técnicas de defesa pessoal à vítimas de violência doméstica

Redação
Redação dez 15

Participantes do treinamento receberam instruções de autodefesa e luta corporal

“Dar as mãos e construir um alicerce juntas”. Foi com essa frase que as alunas definiram o ‘1º Curso de Defesa Pessoal para Mulheres de Campo Verde’, iniciativa da 8º CIPM do município de Campo Verde voltada para as mulheres vítimas de violência e que possuem medida protetiva.  

A iniciativa aconteceu no último final de semana, nos dias 11 e 12 de dezembro, no Ginásio Platão, onde a Polícia Miitar ofereceu, gratuitamente, um treinamento de autodefesa e artes marciais à 15 mulheres atendidas através do Programa de Policiamento Patrulha Maria da Penha. 

“As participantes que possuem medida protetiva foram convidadas através da Patrulha, que faz a visita e o acompanhemento dessas mulheres. O objetivo é prepará-las para que tenham uma noção básica de autodefesa, caso o marido retorne ou tente agredi-lá, ou ate mesmo numa situação de rua, caso sofram algum tipo de assédio”, explicou o tenente-coronel Anderson Luiz da Silva, comandante da 8ª CIPM de Campo Verde. 

As mulheres receberam instruções de defesa pessoal e luta corporal com o professor e mestre José Roberto Teruel, faixa-preta em karatê, krav maga, jiu-jitsu e pankration, num treinamento intensivo que durou 10 horas. “Elas tiveram um aproveitamento muito bom e absorveram bem os ensinamentos. Estão preparadas para enfrentar uma situção no dia a dia. Quando surgir um agressor, elas têm condições de se defenderem, disse o professor.

Além dos ensinamentos voltados à defesa pessoal, as alunas destacaram o resgate da confiança e da autoestima, e o fortalecimento e união das mulheres durante as aulas, estreitando ainda mais o vínculo entre as participantes. 

“De alguma forma, passei a ter um pouco mais de segurança e confiança em mim.  Agora me sinto preparada para me defender ou pedir ajuda quando precisar. Passamos por tantas situações constrangedoras, ter esse momento de construção coletiva, esse alicerce, foi extremamente gratificante”, destacou a dona de casa, Mariana Lenita Nassarden, que foi uma das alunas do 1º Curso de Defesa Pessoal. 

Diante do aproveitamento do grupo e do sucesso do curso, o comandante do 8º CIPM já projeta uma nova edição da atividade para o ano de 2022. “As alunas participaram com muito afinco. Sob a nossa ótica, foi muito proveitoso, tanto que já estamos pensando em realizar a segunda edição deste módulo de defesa pessoal para o início do ano que vem”, concluiu o comandante da 8ª CIPM de Campo Verde, Anderson Luiz da Silva. 

Por Assessoria PMMT

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *