CUIABÁ

POLÍCIA

Força-Tarefa de Segurança Pública prende Conselheiro de organização criminosa que fornecia armas e drogas para facções do Rio de Janeiro

Publicado em

Cuiabá/MT – Na tarde deste sábado (18/06), a Força-Tarefa de Segurança Pública (FTSP/MT), composta pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar realizou a prisão de um dos líderes da facção criminosa mais atuante em Mato Grosso.

Durante as investigações, identificou-se que o suspeito estava residindo na cidade do Rio de Janeiro e estaria se deslocando para o estado de Mato Grosso em um veículo. Com essas informações, a equipe de investigação da FTSP realizou diversos levantamento até identificar a placa e o veículo utilizado pelo faccionado, como sendo um Honda Civic cor prata.

Com isso, realizando mais um trabalho integrado entre as forças de segurança pública, as equipes montaram uma barreira na entrada de Chapada dos Guimarães/MT para realizarem a abordagem do veículo. O Suspeito estava na companhia de sua esposa e não apresentou qualquer reação, entretanto, durante a abordagem apresentou documento falso aos policiais, oportunidade em que lhe foi dada voz de prisão em flagrante.

De acordo com o apurado até o momento, o investigado é um dos líderes de facção criminosa que atua fortemente em todo o estado de Mato Grosso e responsável por avaliar fatos de interesse da facção, analisar reivindicações dos faccionados e averiguar desentendimento entre os integrantes do bando, uma espécie de “magistrado” da facção.

Leia Também:  Diretor do Foro de Cuiabá publica portaria com calendário de correições em cartórios da Comarca

Também se identificou que o preso era responsável por recepcionar demais faccionados foragidos da justiça mato-grossense no Rio de Janeiro, além de controlar o envio de armas e drogas para abastecer facções cariocas. Outras informações importantes obtidas durante as investigações dão conta de que o suspeito teria sido convocado para atuar no controle do tráfico de drogas na fronteira do Brasil com a Bolívia, tendo em vista a notícia de que facções paulistas estariam tentando atuar na região.

O investigado também possuía contra si mandados de prisão preventiva em aberto, um expedido pela 2º Vara Criminal da comarca de Cuiabá/MT e outro pela Vara Criminal da Comarca de Barra do Garças/MT, pela prática dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

A FTSP/MT consiste em uma força-tarefa composta pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar e tem por objetivo realizar uma atuação conjunta e integrada no combate ao crime organizado que atua no Estado do Mato Grosso.

Leia Também:  Ex-conselheiro de Trump admite que EUA apoiou golpes em outros países
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍCIA

Dois homens com mandado de prisão em aberto são detidos na BR 364

Published

on

No dia de ontem (11), a Polícia Rodoviária Federal realizou a detenção de dois indivíduos foragidos da justiça.

A primeira ocorrência aconteceu no município de Santo Antônio de Leverger, quando um veículo foi parado para fiscalização. Ao ser feita as verificações da documentação do veículo e do condutor, constatou-se que havia um mandado de prisão em aberto para o homem pelos crimes de furto, associação criminosa, estelionato e lavagem de dinheiro.

Para o veículo também constava um mandado de busca e apreensão.

A outra ocorrência aconteceu no município de Cuiabá, quando uma equipe policial abordou um homem que transitava na rodovia.

O homem era foragido da justiça pelo crime de estupro de vulnerável. Ao saber que seria detido o indivíduo empreendeu fuga para matagal próximo ao local de abordagem, foi realizada uma busca no local, vindo a ser encontrando escondido na mata.

Diante dos fatos, os dois homens foram detidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PRF MT

Leia Também:  Ação integrada apreende madeira nativa de área de desmatamento

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA