CUIABÁ

MUNDO

Cidade espanhola vai multar em R$ 4,1 mil quem fizer xixi no mar

Publicado em

source
Vigo, Espanha: 24.06.2022
Reprodução praia na cidade de Vigo (ES) 24.06.2022

Vigo, Espanha: 24.06.2022

Uma portaria publicada pela prefeitura de Vigo, na Espanha, estabeleceu multa no valor de 750 euros (equivalente a R$ 4,1 mil) para quem fizer “evacuação fisiológica no mar ou na praia”. O documento faz referência explícita ao antigo costume dos banhistas locais de entrarem na água para urinar. A medida também deve ser aplicada em quem defecar na areia ou dentro da água, o que é mais raro de acontecer, segundo a imprensa local. No entanto, a administração do município não explicou como será feita a fiscalização e a identificação dos “suspeitos”.

De acordo com a Câmara Municipal de Vigo, as práticas foram classificadas como infrações às normas de higiene sanitária, e foram acrescentadas à epígrafe do artigo 12 da portaria de regulamentação da praia. A administração local informou que vai investir na instalação de sanitários públicos acessíveis durante a temporada de praia. Mas alerta que a inexistência de banheiros na faixa de areia não serve de desculpa para que o banhista “esvazie fisiologicamente” em locais inapropriados. A mesma portaria também estabelece sanções para práticas como o uso de sabão na água da praia, jogar resíduos de qualquer tipo na areia, ou utilizar churrasqueiras ou botijões de gás em todo o ambiente devido a sua natureza inflamável.

Leia Também:  Austrália emite alerta de evacuação para 50 mil pessoas em Sydney

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

MUNDO

Funcionário de aeroporto rouba mala com rastreador digital e é preso

Published

on

Funcionário de aeroporto roubou mala que tinha rastreador digital da Apple
Divulgação/Apple

Funcionário de aeroporto roubou mala que tinha rastreador digital da Apple

O funcionário de uma companhia aérea foi preso sob a acusação de roubar itens de bagagens com valor avaliado em 16,6 mil dólares (cerca de R$ 85,8 mil na cotação atual) em um aeroporto da Florida, nos Estados Unidos . Mas a prisão só aconteceu graças à ajuda de um equipamento eletrônico bem específico. 

Giovanni De Luca, de 19 anos, roubou uma bagagem que continha um AirTag, rastreador digital da Apple criado com o objetivo de encontrar objetos perdidos. A empresa recomenda que ele seja usado exatamente em malas, mochilas e chaveiros. 

De acordo com Gabinete do Xerife do Condado de Okaloosa, o homem natural de Mary Esther, cidade localizada no estdo da Flórida, roubou a bagagem de uma passageira em julho deste ano. Ela relatou que seus pertences, no valor de 1,6 mil dólares (R$ 8,2 mil) nunca chegaram ao seu destino.

Entretando, a mulher revelou à polícia que um Apple Airtag em sua mala apareceu pela última vez como ativo na região de Kathy Court, justamente em Mary Esther.

Os investigadores, então, cruzaram dados dos funcionários do Aeroporto Destin-Fort Walton Beach que moravam nas proximidades de Kathy Court e chegaram até De Luca. 

As investigações concluíram que o rapaz de 19 anos também havia roubado os pertences de um outro passageiro em agosto deste ano. Foram recuperados mais de 15 mil dólares (aproximadamente R$ 77,5 mil) em joias e outros objetos.

“Esta prisão é um exemplo de excelente trabalho em equipe de nossa Unidade de Segurança do Aeroporto, nossos Investigadores e o Aeroporto para encontrar a pessoa responsável por esses roubos e garantir que ele seja responsabilizado”, resslatou Eric Aden, responsável pela investigação, em comunicado divulgado.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Leia Também:  Exposição museológica sobre história da cidade está na Expolucas 2022

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA