CUIABÁ

GERAL

Investimento de R$ 1,2 bilhão em aviação regional facilita acesso a cidades e aumenta conectividade do país

Publicado em

Pistas maiores e terminais mais confortáveis vão melhorar a infraestrutura do Aeroporto de Dourados, no Mato Grosso do Sul e impulsionar a economia local. Os investimentos no terminal sul-mato-grossense fazem parte de um total de R$ 1,2 bilhão aplicados pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura (MInfra), na ampliação da aviação regional de todo o país.

Executada pelo Governo Federal, por meio do Exército Brasileiro, em parceria com o MInfra, a obra contempla no aeroporto de Dourados inclui reforma e ampliação da pista de pouso e decolagens em 300 metros, regularização das faixas de pista e áreas de segurança, drenagem, colocação de cerca operacional e trabalhos de terraplenagem das áreas destinadas às futuras edificações. Para viabilizar o empreendimento, serão aplicados R$ 49 milhões via Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac).

Construção das edificações

As melhorias no aeroporto de Dourados não param nas obras de ampliação da pista. Em abril deste ano, após autorização do Governo Federal, o governo do Mato Grosso do Sul abriu processo licitatório para contratar projeto executivo de arquitetura e complementares para a construção das edificações do aeródromo, como o novo terminal de passageiros. Cidade mais populosa do interior do estado, a cidade está próxima da fronteira do Brasil com o Paraguai e é passagem obrigatória dos turistas em direção a Bonito e ao Pantanal.

Leia Também:  Rondonópolis é apontada como uma das cinco melhores cidades de Mato Grosso para se viver

Serão investidos R$ 505 mil do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac) para custear a contratação dos projetos, que devem prever a adoção da Modelagem de Informação da Construção (BIM, na sigla em inglês) nas edificações. Trata-se de tecnologia de “construção inteligente”, que reduz os custos das obras públicas, garantindo mais eficiência e qualidade no resultado. Além de Dourados, outros 19 aeroportos regionais do país têm sido modernizados conforme os critérios BIM.

Com informações do Ministério da Infraestrutura.

 

Fonte: Brasil.gov

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

GERAL

Frente fria traz chuva e ondas de até 3 metros no fim de semana do Rio

Published

on

Frio, chuva e ondas de até 3 metros de altura. Essa é a previsão do tempo para o fim de semana da capital Rio de Janeiro. Segundo o Alerta Rio, a aproximação de uma frente fria a partir da noite de hoje (18) deve fazer as temperaturas entrarem em declínio acentuado. De hoje para amanhã, a previsão é de queda de 12 graus na temperatura máxima. 

Amanhã, a máxima não deve passar de 22 graus, com mínima prevista de 14 graus. O céu estará encoberto, com chuva fraca a moderada a partir da manhã e ventos moderados a fortes ao longo do dia. 

No sábado (20), após a passagem da frente fria, os ventos úmidos vindos do oceano manterão o tempo instável. A previsão é de céu nublado a encoberto, com chuva fraca a moderada em qualquer momento. Vai ficar mais frio, com os termômetros marcando entre 12 graus e 20 graus. 

No domingo, a previsão é que a temperatura fique entre 11 graus e 21 graus. O céu deve ficar mais limpo, de nublado a parcialmente nublado, mas ainda há previsão de chuva isolada durante a madrugada. 

Leia Também:  Rondonópolis é apontada como uma das cinco melhores cidades de Mato Grosso para se viver

Na segunda-feira (22), haverá redução de nebulosidade e não há previsão de chuva. A máxima deve atingir os 23 graus e a mínima 10 graus. 

Aviso de ressaca

Mar toma faixa de areia na praia de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro Mar toma faixa de areia na praia de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro

Mar toma faixa de areia na praia de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro – Tomaz Silva/Agência Brasil

A Marinha do Brasil antecipou o alerta de ressaca para o litoral carioca, previsto inicialmente para ocorrer a partir das 21h de hoje, para esta tarde. Desde as 15h estão previstas ondas que podem atingir até 3 metros de altura.  Mesmo na parte da manhã, já era possível ver as ondas quebrando próximas ao calçadão da Praia de Copacabana, em alguns trechos da orla. A ressaca deve durar até as 21h de sábado. 

Durante o período, a prefeitura do Rio recomenda que a população evite tomar banho de mar em áreas que estejam em condição de ressaca, a prática de esportes no mar, trafegar de bicicleta na orla caso as ondas estejam atingindo a ciclovia e permanecer em mirantes na orla ou em locais próximos ao mar. Pescadores devem evitar navegar durante o período de ressaca. Em caso de acidentes, a recomendação é não entrar no mar para resgatar as vítimas e acionar imediatamente as equipes do Corpo de Bombeiros pelo telefone 193.

Mar toma faixa de areia na praia de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro Mar toma faixa de areia na praia de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro

Mar toma faixa de areia na praia de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro – Agência Brasil/ Tomaz Silva

Ventos fortes

Está previsto para amanhã a ocorrência de ventos moderados a fortes no Rio. Hoje, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), já foram registradas rajadas de vento forte na cidade, com velocidade de até 67 quilômetros por hora (km/h). 

Segundo o Alerta Rio, os ventos moderados são aqueles com intensidade entre 18,5 km/h e 51,9 km/h e podem levantar poeira e pequenos papéis, mover galhos de árvores e o guarda-chuva começa a ser usado com dificuldade. Os ventos fortes têm intensidade entre 52 km/h e 76 km/h e são capazes de balançar grandes árvores e quebrar galhos. 

*Estagiária sob supervisão de Vitor Abdala

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA