CUIABÁ

Esportes

Seleção feminina perde para Dinamarca em primeiro amistoso na Europa

Publicado em

A seleção brasileira feminina de futebol perdeu por 2 a 1 para a anfitriã Dinamarca, com gol das adversárias no minuto final da partida, realizada na tarde desta sexta-feira (24), no Estádio Parken, na capital Copenhagen. O amistoso é o primeiro de dois jogos na Europa, que visam a preparação da equipe para a Copa América Feminina, a partir de 8 de julho na Colômbia. Na próxima terça (28), às 134h30 (horário de Brasília), o Brasil enfrenta a Suécia, vice-líder do ranking mundial da Fifa, na Friends Arena, na capital Estocolmo.

Número nove no ranking mundial da Fifa, a seleção comandada pela técnica Pia Sundhage foi surpreendida aos 16 minutos, com chute certeiro da lateral-direita Janni Thomsen, desferido da entrada da área, que deixou a goleira Lorena vendida.  O Brasil teve chance de empatar aos 26 minutos, numa jogada individual de Debinha, mas na finalização a atacante chutou pra fora. Depois, aos 40, Kerolin se livrou da marcação e bateu cruzado: a bola tirou tinta da trave direita e não entrou.

Leia Também:  Diretoria de Bem-Estar Animal fecha primeiro semestre de 2022 com mais de 600 atendimentos prestados

No etapa final, a seleção controlou mais o jogo em campo, mas teve dificuldade de acertar a pontaria. Aos três minutos, Adriana rolou pela direita para Kerolin chutar dentro da área, massa bola foi por cima do travessão. Cinco minutos depois, em jogada individual, Adriana quase fez, massa goleira Christensen defendeu.  Aos 17 minutos, foi a vez de Fê Palermo cabeceou no travessão, após escanteio.  De tanto insistir, o Brasil chegou ao empate aos 41 minutos, graças ao talento de Debinha, que avançou pela direita, escapou da marcação e mandou uma bomba de canhota. Mal deu tempo de comemorar: no minuto final, Nadia Nadim driblou Fê Palermo  antes de cruzar para Gejl selar a vitória das dinamarquesas.   deencontrou Gejl livre na área para fazer o gol da vitória da equipe dinamarquesa, 16ª no ranking mundial da Fifa.

Defederam a seleção brasleira nesta sexta (24): Lorena; Letícia (Kathellen), Tainara (Thaís Ferreira), Rafaelle e Fê Palermo; Duda S., Luana (Angelina), Adriana (Ary Borges) e Kerolin; Debinha e Bia (Geyse).

Leia Também:  Senado aprova PEC das 'Bondades' em primeiro turno

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Esportes

Fluminense recebe o Cuiabá em Maracanã lotado

Published

on

Embalado na temporada, o Fluminense encara o Cuiabá, a partir das 16h (horário de Brasília) deste domingo (7) no estádio do Maracanã, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Tricolor das Laranjeiras chega ao confronto em um momento especial, com uma invencibilidade de 12 jogos (nove vitórias e três empates). Esta sequência de confrontos abrange duas competições: Brasileirão e Copa do Brasil, campeonato no qual a equipe carioca disputa as quartas de final contra o Fotaleza (o Fluminense bateu a equipe cearense por 1 a 0 na partida de ida, disputada no estádio do Castelão.

Para esta partida, o Tricolor terá uma ausência de peso, o volante André, que está suspenso após tomar o terceiro cartão amarelo na competição no empate de 2 a 2 com o Santos na última segunda (1) na Vila Belmiro. Segundo Paulo Henrique Ganso, a ausência de um dos destaques da equipe deve ser lamentada, mas o time deve procurar formas de sanar este desfalque: “André é um grande jogador. Sem dúvida fará falta. Temos que pensar como time, como grupo. Sem ele, vai ter Martinelli, Nonato, Wellington, Yago Felipe. Todos poderão nos ajudar. Eu mesmo, quando estiver ausente, vai ter outro para fazer a função”.

Leia Também:  Elenco treina para visitar o Athletico Paranaense

Se a equipe de Fernando Diniz terá de lidar com ausências importantes dentro de campo, fora das quatro linhas o apoio maciço da torcida pode ser um diferencial para o camisa 10: “Saudade do Maracanã, de estar perto da nossa torcida […]. Já tem mais de 30 mil [torcedores]? Que chegue a 50, 60 mil. Temos um returno muito longo. Caso continuemos nessa invencibilidade, fazendo nossa pontuação em casa, podemos chegar no ponto alto da tabela, que é o nosso objetivo”.

Já o Cuiabá vive situação delicada na competição, dentro da zona do rebaixamento com apenas 20 pontos. Além disso, o Dourado não vence há quatro partidas no Brasileiro (somando três derrotas e um empate).

Transmissão da Rádio Nacional

A Rádio Nacional transmite Fluminense e Cuiabá com a narração de André Luiz Mendes, comentários de Mario Silva e plantão de Bruno Mendes. Você acompanha o Show de Bola Nacional aqui:

Leia Também:  Cada partido de uma federação deve cumprir cota feminina, reforça TSE

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA