CUIABÁ

Esportes

Com um a menos desde os 5, Fogão supera erro de arbitragem e vira para cima do Inter no Sul

Publicado em

Gigante é o Botafogo! Em um erro de arbitragem aos 5 minutos de jogo, que originou um pênalti inexistente para o adversário e culminou com as expulsões de Sampaio e Luís Castro, a equipe alvinegra saiu atrás em Porto Alegre. Na sequência, desestabilizado após o lance, o time acabou sofrendo o segundo gol do rival.

Com 15 minutos jogados o cenário estava totalmente desfavorável. Este Clube, no entanto, é imenso. E com uma atuação para eternizar foi buscar a virada no Beira-Rio. Vinicius Lopes diminuiu aos 18 minutos e deu vida ao Glorioso. A partir daí, então, foi na superação e na camisa.

Correndo dobrado para marcar e com coragem para atacar, o Fogão empatou com Erison no início da segunda etapa. E depois de muita tensão e confusão em campo, Hugo, no apagar das luzes, fez o gol da virada. Que vitória fora de casa! O resultado levou o Botafogo aos 18 pontos no Campeonato Brasileiro e encheu de moral para o clássico com o Fluminense na próxima rodada, no Nilton Santos.

FICHA DO JOGO:

Leia Também:  No Mundo da Bola chega à edição 500 com Zico e Edu dividindo histórias

Data/horário: 19/06/22 (Domingo), às 18h
Local: Estádio Beira-Rio
Árbitro: Savio Pereira Sampaio
Assistentes: Daniel Henrique e Jose Reinaldo
Quarto árbitro: Rafael Klein
Árbitro de Vídeo: Rafael Traci
Assistente de Árbitro de Vídeo: Helton Nunes

Amarelos: Kayque Rocha, Moisés, Mauricio, Gabriel Mercado, Carlos Pena (Internacional), Gatito, Carli, Hugo, Patrick de Paula, Kayque, Piazon (BOTAFOGO)
Vermelhos: Sampaio, Luís Castro (BOTAFOGO)

Gols: Edenilson (8’/1T), Fabricio Bustos (12’/1T), Vinicius Lopes (18’/1T), Erison (13’/2T), Hugo (55’/2T).

BOTAFOGO: Gatito; Sampaio, Carli e Klaus; Saravia (Jeffinho), Kayque, Patrick de Paula e Hugo; Piazon, Vinicius Lopes (Daniel Borges) e Erison (Matheus Nascimento). Técnico: Luís Castro.

Internacional: Daniel; Fabricio Bustos (Matheus Cadorni), Vitão, Gabriel Mercado e Moisés (Pedro Henrique); Gabriel, Edenilson, Carlos Pena e Alan Patrick (Tailson); Wanderson (Alemão) e David (Mauricio). Técnico: Mano Menezes.

fonte https://www.botafogo.com.br/ler-noticia.php?cod=7010

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Esportes

Santos vence Coritiba no Couto Pereira nos acréscimos

Published

on

Coritiba perdeu para o Santos por 2 a 1, na noite desta segunda-feira (08.08), no estádio Couto Pereira, em jogo válido pela 21º rodada do Campeonato Brasileiro.

Os três gols da partida saíram no segundo tempo: Madson abriu o placar para o Peixe, e Léo Gamalho empatou para o Coxa.

No último lance da partida, Angulo, que havia acabado de entrar, recolocou o Santos na frente. Depois de um primeiro tempo sonolento, marcado por pouquíssimas finalizações, mas muitas faltas e passes errados, os times cresceram na etapa final e fizeram um duelo muito mais movimentado.

O técnico Lisca ainda não contou com o lateral-direito Nathan e o meia Luan, reforços contratados pelo Peixe nesta janela.

Chegada de Luan pode acirrar concorrência na meia do Santos;  Com o resultado, o Santos retoma a nona colocação na tabela e chega aos 30 pontos. Já o Coxa, permanece em 15º, ainda com 22 pontos.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Santos enfrenta o América-MG, no estádio Independência, neste domingo (14), às 18h. No mesmo dia, mas às 11h, o Coritiba recebe o Atlético-MG e atua novamente no Couto Pereira.

Leia Também:  Flamengo finaliza a preparação para a partida contra o Santos, pelo Brasileirão

Ficha Técnica

CORITIBA 1 x 2 SANTOS

Competição: Campeonato Brasileiro, 21ª rodada

Data e hora: 8 de agosto de 2022 (segunda-feira), às 20h

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA/MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Hernán Pérez e Willian Farias (COR); Maicon, João Paulo e Lucas Braga (SAN)

Gols: Madson (SAN), aos 1’/2ºT (0-1), Léo Gamalho (COR), aos 11’/2ºT (1-1) e Angulo (SAN), aos 47’/2ºT

CORITIBA: Alex Muralha; Matheus Alexandre (Natanael), Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Bruno Gomes e Jesús Trindade (Thonny Anderson); Hernán Pérez (Nathan Mendes), Alef Manga (José Hugo) e Léo Gamalho (Adrián Martínez). Técnico: Gustavo Morínigo

SANTOS: João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan; Rodrigo Fernánez, Vinicius Zanocelo (Bruno Oliveira) e Carlos Sánchez (Vinicius Balieiro); Lucas Barbosa (Ângelo), Marcos Leonardo (Angulo) e Lucas Braga. Técnico: Lisca.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA