CUIABÁ

ENTRETENIMENTO

Guta Stresser é diagnosticada com esclerose múltipla: “Perdi o chão”

Publicado em

source
Guta Stresser é diagnosticada com doença autoimune
Divulgação

Guta Stresser é diagnosticada com doença autoimune

Guta Stresser revelou que foi diagnosticada com esclerose múltipla aos 49 anos após se submeter a uma ressonância magnética. Ela percebeu os primeiros sinais da doença enquanto participava da Dança dos Famosos, em 2020.




“Foi com estranhamento e angústia que percebi que algumas dessas habilidades começaram a falhar no meu dia a dia”, afirmou.

Guta revelou que os primeiros sinais da doença autoimune apareceram nos ensaios do quadro, que pertencia ao Domingão com Faustão, mas que conseguiu avançar na competição mesmo com os lapsos de memória.

“Parecia tudo normal até que, durante os ensaios, eu passava a coreografia e, quando terminava, não lembrava de mais nada, nada mesmo. Não entendia o motivo, sempre tive facilidade para essas coisas”, admitiu em um relato para a revista Veja.

Leia Também:  Reality: João Hadad mostra demais ao trocar de roupa no "Power Couple"

Além da perda de memória, a atriz afirmou que sentia muita dor muscular e formigamento frequente. “Nem sabia direito o que era aquilo, só que afetava o cérebro, e só isso me soou aterrorizante. Foi se agravando. Comecei a esquecer palavras bem básicas. Se ficava duas horas parada assistindo TV, logo sentia dores musculares. Tinha formigamentos frequentes nos pés e nas mãos, enxaquecas fortíssimas e variações de humor”, revelou. 

“O pior era um zumbido constante no ouvido. Parecia que havia ali um fio desencapado, provocando um curto-circuito na minha cabeça. Cheguei a pensar que poderia ser Covid-19 ou sintomas relacionados à menopausa. E aí levei um tombo na sala de casa que me acendeu um alerta. Resolvi procurar um otorrinolaringologista, achando que o problema poderia se resumir a uma questão de equilíbrio”, completou.

Após realizar uma ressonância magnética, Guta descobriu a doença autoimune. “Perdi o chão na mesma hora. Tive muito medo. Pela minha cabeça se desenrolava um filme em que eu ficava completamente incapacitada. Mas, com a ajuda do neurologista, entendi que diagnóstico não é sentença e que, apesar da doença não ter cura, ela tem, sim, tratamento”, afirmou. 

Leia Também:  GKay faz as pazes com Sônia Abrão após briga: 'Bandeira branca'

“Esclerose múltipla é uma doença autoimune em que o próprio corpo ataca a mielina, a capa de gordura que reveste os neurônios e ajuda nas conexões da mente. Os especialistas não sabem por que esse processo é desencadeado. O que está comprovado é que atinge os movimentos e a fala”, explicou a atriz. 

Guta ainda afirmou que para o tratamento, é necessário usar um remédio de alto custo, mas que é distribuído pelo SUS (Sistema Único de Saúde). “O medicamento me mantém equilibrada, sem crises. Também passei a cuidar mais de mim. Hoje pratico ioga, mudei a alimentação para melhor e faço todo tipo de exercício para o cérebro”, revelou.

“Mais recentemente, incluí no tratamento óleo de CBD, um derivado de maconha que é felizmente legalizado e tem revelado promissor. Depois do diagnóstico, refiz a ressonância magnética e os resultados foram muito bons, indicando um quadro estável”, continuou. 

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

CULTURA

A prof. Rubia Naspolini Yatsugafu convida todos para um super concerto do UFMT

Published

on

Olá, pessoal!!!

Dia 10 de agosto tem suuuuuuper concerto do UFMT em Cordas ( #ufmtemcordas ) com convidados fantásticos!!! Levon Ambartsumian atuará como regente e solista (violino), Shakhida Azimkhodjaeva atuará como solista (violino), Oliver Yatsugafu atuará como solista (violino e viola), Jhonni e Carol atuarão também como solistas (violino).

É uma honra imensa ter nossos convidados internacionais em Cuiabá!!! Dois instrumentistas fantásticos, que trabalharam com nosso pessoal com muito carinho, respeito, humildade e alegria. É a terceira vez do Levon aqui é primeira da Shakhida! Que possamos ter a alegria de tê-los aqui mais vezes!

Gratidão imensa em poder fazer parte disso!

Espero que todos os amigos, estudantes e amantes de música (vocês!) possam assistir e também nos ajudar a compartilhar em suas redes sociais e para os seus contatos! O Teatro Zulmira Canavarros é imenso, então cabe todo mundo! ❤️

No cartaz pede brinquedo como entrada, mas mesmo quem não levar brinquedo, entra. Nossa missão é democratizar o acesso à música! Não se preocupem se não puderem levar a doação.

Leia Também:  Perdi os dois ovários aos 16 anos: "Eu senti que estava morrendo"

Gratidão, pessoal!!!
Tudo isso só está sendo possível com o apoio da University of Georgia, da Assembleia Social – ALMT e da Procev/UFMT!!!

Gratidão aos vários e vários corações que pulsam com os nossos, na construção de um mundo mais alegre e musical!!!

Alegria imensa de viver esse momento!!!

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA MT

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA