CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Cidades Destaques Notícias

Decisão que barrou pré-candidatura de atriz pornô de MT pode ser revertida

Redação
Redação abr 28

Presidente do PT em Mato Grosso, o deputado estadual Valdir Barranco, já admite que a decisão que barrou a pré-candidatura da atriz pornô Esther Caroline Perralto à Assembleia Legislativa pode ser revertida. O parlamentar negou que a suspensão da filiação da artistas, também conhecida como “Tigresa Vip”, tenha sido motivada por discriminação por parte do partido.

Barranco alegou que, “por falta de conhecimento”, Ester desrespeitou o rito de filiação e não conversou diretamente com o Diretório Municipal de Barão de Melgaço, que não teria sido informado do seu ingresso no partido. O diretório não saberia da intenção dela de se ser pré-candidata à ALMT.

Após o anúncio da pré-candidatura, o PT passou a ser motivo de chacota nas redes sociais.

Mas, dentro do partido, vozes – como as dos deputados Rosa Neide e Lúdio Cabral e da vereadora Edna Sampaio – se levantaram contra o que classificaram de “discriminação”.

Tigresa se tornou famosa na internet em 2015, aos 17 anos, ao compartilhar vídeos pornográficos feitos com o marido. Hoje, ela tem site próprio para assinantes, um canal no Youtube e publicações na plataforma XVideos.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *