CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Polícia

Avanços tecnológicos e administrativos são apresentados reunião gerencial na Regional de Juína

Redação
Redação mar 18

Durante a visita também foram tratados assuntos como a instalação do Complexo da Polícia Civil em Juína

A prestação de contas dos trabalhos prestados nos últimos três anos e a perspectiva de futuro institucional, operacional, administrativo e tecnológico. Esse foi o foco da reunião gerencial realizada pela Diretoria Geral da Polícia Civil, na quarta-feira (16.03), na Regional de Juína (735 km a noroeste de Cuiabá).

No período da manhã, estiveram na Delegacia Regional de Juína, onde o delegado-geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende e o diretor de interior, Walfrido Franklim, conversaram com o novo delegado regional, Marco Bortolotto Remuzzi.

Na sequência, os diretores aproveitaram para conversar com autoridades do município sobre a instalação do Complexo da Polícia Civil de Juína e realizaram a visita no terreno onde será instalada a unidade.

Na reunião gerencial realizada Associação Comercial e Empresarial de Juína, o delegado-geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende e o diretor de interior, Walfrido Franklim, apresentaram os trabalhos desenvolvidos pela Polícia Civil nos últimos anos.em conversa realizada com os policiais da Regional.

Durante a apresentação, Mário Dermeval, falou sobre o planejamento estratégico da Polícia Civil de Mato Grosso e destacou a capacitação de recursos e a capacidade de execução apresentada nos últimos anos, que possibilitaram o desenvolvimento de mecanismos modernos.

“Hoje podemos dizer que no quesito investigação e gestão nós evoluímos muito com a implantação de plataformas com sistema de gestão modernos, e também de através de aplicativos que permitiram a Polícia desempenhar a sua função com eficiência”, disse o delegado-geral

O delegado-geral falou ainda sobre as inovações tecnológicas da Polícia Civil como reconhecimento facial, o cadastramento biométrico, novas instalações de delegacias da Capital e do interior do estado, e também sobre uma nova delegacia em Juína.

Em relação ao inquérito eletrônico, Mário Dermeval avaliou como positivo os avanços, verificando que os policiais estão se adequando a utilização do sistema, por meio de assinatura biométrica. “Nós temos obtido excelentes resultados praticamente já ambientados a essa utilização. Então acreditamos que até o final de 2022 nós estejamos obtendo resultados ainda mais positivos e com todo efetivo da Polícia Civil aderindo o papel zero que é a nossa meta”, destacou.

Visita a Rondolândia

O delegado-geral e o diretor de Interior também aproveitaram a viagem para visitar a Regional de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá), mas especificamente a Delegacia de Rondolândia, a 450 quilômetros de Comodoro.

A visita foi acompanhada pelo delegado regional de Pontes e Lacerda, Marcos Cézar Farias Lyra, o delegado de Vila Bela da Santíssima Trindade, João Paulo Berté.

Na unidade, delegado-geral também falou sobre os avanços da instituição, mostrando a ferramenta de estatísticas e de dados que são utilizados no planejamento estratégico da Polícia Civil e explanou sobre os planos a longo, médio e curto prazo para desenvolvimento dos trabalhos.

O delegado de Comodoro e Rondolândia, Ricardo Sarto, destacou que essa foi a primeira vez que um delegado-geral visitou a Delegacia de Rondolândia. “Os policiais que participaram da reunião, de Rondolândia, Comodoro e Vila Bela da Santíssima Trindade ficaram bem entusiasmados com o que foi apresentado e motivados a trabalhar cada vez da melhor forma”, disse o delegado.

Após a visita na Delegacia de Rondolândia, a Diretoria da Polícia Civil de Mato Grosso realizou visita à Delegacia Regional de Cacoal, estado de Rondônia, onde foram recebidos pelo delegado Thiago Flores, Diretor do Departamento de Polícia do Interior de Rondônia.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *