CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Cidades Destaques Polícia Política

16 milhões são bloqueados de Emanuel e mais 4 acusados por contratações irregulares

Redação
Redação out 21

De acordo com o desembargador, existem elementos que comprovariam irregularidades no pagamento da gratificação do “Prêmio Saúde”. De acordo com as investigações, os valores eram definidos pelo Chefe do Poder Executivo “de acordo com critério pessoal, as pessoas que não fazem jus ao aludido benefício”.

Um trecho da decisão diz que Apenas em julho de 2021, o valor gasto com o pagamento da gratificação giraria em torno de R$ 640.026,00, o qual multiplicado por 25 meses, que seria o tempo que a Prefeitura de Cuiabá estaria descumprimento a decisão do Tribunal de Contas Estadual, chegaria a assombrosa quantia de R$ 16.000.650,00, paga indevidamente aos servidores, em prejuízo dos cofres públicos municipais”.

Fonte Gazeta Digital Fotos Google

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *